Construtora disponibiliza sede para prática de atividades físicas para os colaboradores

Diante de cenário de redução da prática de exercícios físicos por conta da pandemia, empresas têm buscado incentivar a prática de atividades por meio de treinamentos funcionais

A pandemia impactou o ritmo de exercícios físicos dos brasileiros. De acordo com estudo elaborado por pesquisadores de universidades federais de Minas Gerais, a prática de exercícios físicos caiu de 120 para 80 minutos semanais durante esse período no país, bem abaixo do nível recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que orienta entre 150 e 300 minutos de prática leve ou moderada de exercícios. As consequências dos hábitos sedentários podem ir de aumento de peso, ansiedade e estresse até o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Comprometidas com a saúde dos colaboradores, algumas empresas buscam incentivar a prática de exercícios físicos. Um dos exemplos é a Consciente Construtora e Incorporadora, que iniciou em novembro aulas de treinamento funcional na área de convivência da empresa. Os encontros acontecem às segundas, quartas e sextas- feiras, a partir das 17h15, e tem duração de cerca de 50 a 60 minutos.

De acordo com a assistente social da Consciente, Flávia Oliveira, o projeto já acontecia na empresa desde 2014, mas foi interrompido em 2015, durante mudança da sede da empresa. “Agora retornamos às aulas de funcional com acompanhamentos individualizados, plano alimentar e bioimpedância. Todo o processo conta com acompanhamento de profissionais”, destaca Flávia. O treinamento conta com a orientação de dois professores de educação física e uma nutricionista. A nutricionista Milena Porto é a profissional que auxilia no direcionamento alimentar dos participantes, com desenvolvimento de plano conforme suas condições de saúde apresentadas em relatório.

Atualmente, o projeto conta com a participação de oito praticantes na empresa. Uma delas é a analista de recebíveis, Uga Duarte Ribeiro, que participa das aulas durante os três dias da semana e que estava sem fazer exercícios físicos desde o início da pandemia, em março de 2020. “Só retornei agora, pois me senti um pouco mais segura para a prática esportiva porque, além da vacina que temos disponível, os treinamentos ocorrem ao ar livre, o que propicia um ambiente mais favorável nesse período em que ainda estamos vivendo da pandemia”, destaca a analista.

Ela destaca que os exercícios são importantes para manter e garantir a melhor qualidade de vida e proporcionar uma melhor saúde física e mental. “Além disso, é um momento de autocuidado e interação social. O exercício físico aumenta a disposição para tudo, não só para o trabalho. Com certeza influencia em nossa disposição, pois o corpo e a mente estarão em melhores condições para cumprir a rotina do dia a dia com resultados melhores”, destaca Uga, que ainda reforça a importância dos exercícios para manter a tranquilidade em momentos estressantes. “Chego ao trabalho de carro. Pode haver algum tipo de estresse no trânsito e acredito que o treinamento contribui muito para o alívio do estresse que ocorre em nossa rotina”, completa.

Benefícios para o corpo

Os encontros são conduzidos pelo profissional de educação física, Roberto Rafael Ribeiro Filho. Ele destaca que as aulas fazem parte de um treino coletivo e todo o processo é feito de forma a conhecer a situação física de cada participante antes de começar as atividades. “O primeiro passo que fazemos é saber se cada participante já tem alguma doença que exija alguma limitação durante os exercícios ou se tiveram alguma lesão que exija mais cuidado”, destaca Roberto. Após essa etapa, são preparados os cronogramas de cada treinamento com foco em preparar e trabalhar o corpo para o fortalecimento, emagrecimento e hipertrofia muscular.

Além disso, cada trabalhador também recebe recomendações com direcionamento alimentar. Dessa forma, o projeto permite que os participantes tenham benefícios do condicionamento físico com a correta alimentação. “Todo esse processo do treinamento funcional proporciona aos colaboradores mais ânimo, disposição e aptidão em seu cotidiano. Além disso, é indicado para o processo de emagrecimento e resultados estéticos, melhorando ainda mais a autoestima”, explica o profissional.

Roberto ainda destaca que a volta aos exercícios físicos é importante após um momento em que as pessoas ficaram mais dentro de casa e, com isso, fizeram menos atividade. “Muitas pessoas ficaram receosas em fazer as atividades e correr o risco de pegar o vírus. Além disso, muitos espaços foram fechados para evitar a disseminação do coronavírus. Agora estão sendo retomados com cuidados. Na Consciente, por exemplo, é feito em espaço aberto e arejado”, detalha o profissional de educação física. “Isso é importante porque também diminui as possibilidades de aparecer problemas de saúde como estresse, depressão e obesidade”, completa.