DIH prende suspeito de espancar a companheira até a morte em Goiânia

De acordo com a DIH, o corpo da vítima foi encontrado em uma rua do Setor Aeroviário

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), prendeu em flagrante na segunda-feira, (02/05), Rone Peterson Cardoso Sobrinho. Ele é suspeito de espancar até a morte a companheira, Klaudia Horrana Pires Miguel.

De acordo com a DIH, o corpo da vítima foi encontrado em uma rua do Setor Aeroviário, em Goiânia, por volta das 6h do último domingo, (1º/05) .

Segundo a polícia, logo após o crime, o suspeito relatou aos policiais que atenderam a ocorrência que a companheira teria sido morta por desavenças relacionadas ao tráfico de drogas. Contudo, as investigações, de forma rápida, demonstraram uma série de incongruências em seu relato, passando a considerá-lo como principal suspeito.

Conforme a corporação, imagens de câmeras de segurança coletadas pelos investigadores auxiliaram na elucidação do crime e demonstraram que as agressões ocorreram na presença do filho do casal, de apenas um ano e cinco meses de idade.

‘Após o crime, o suspeito fugiu para a cidade de Firminópolis, local em que foi preso pela equipe da DIH, por volta das 18h da segunda, após diligências ininterruptas. Interrogado na sede da DIH, o suspeito confessou o crime”, afirma a  DIH.

A divulgação da imagem e identificação do preso foi precedida nos termos da Lei nº 13.869, Portaria nº 547/2021 – PC e Despacho do  Delegado de Polícia responsável pela investigação, especialmente porque visa ao surgimento de novas testemunhas, encorajadas a contribuir com as investigações com a prisão do suspeito, além de levantar eventuais outros crimes cometidos.