Homem é preso suspeito de dirigir bêbado e provocar acidente que matou idosos queimados em Urutaí

De acordo com a Polícia Militar, o motorista da caminhonete apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro

Um homem de 65 anos foi preso suspeito de dirigir bêbado e provocar um acidente em que um casal de idosos morreu queimado dentro de um carro no final da tarde de sexta-feira, 1º, na GO-020, em Urutaí, no sudeste de Goiás.

A Polícia Civil informou que testemunhas contaram que a caminhonete de modelo S-10, dirigida por Francisco Alberto Tomazini, fez uma ultrapassagem em local proibido, momento que acabou batendo contra a Fiat Strada, onde estavam os idosos Dario Silva, de 80 anos, e Onilia de Rezende Silva, idade não informada.

Com o impacto, a Strada bateu contra um outro carro que passava no sentido contrário, mas o motorista não se feriu. Os envolvidos eram moradores de Pires do Rio.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista da caminhonete apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele teve ferimentos leves e foi socorrido por pessoas que passavam pelo local.

Foram feitas perícias no local do acidente que devem ficar prontas em cerca de 30 dias. O caso segue em investigação na delegacia de Urutaí.

Com informações do G1