Polícia prende piloto de avião condenado por tráfico internacional de drogas

Um piloto de avião, de 63 anos, foi preso no início da noite deste domingo, (15/05), após o compartilhamento de informações entre policiais militares do 41º BPM e investigadores da Polícia Federal.

Segundo a Polícia o homem foi condenado a 8 anos de prisão em regime fechado, “o piloto é apontado como integrante de uma organização criminosa composta por empresários de Goiás, Pará, Maranhão e políticos do Suriname que movimentaram, em apenas quatro meses, cerca de US$ 500 mil”.

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Federal, uma aeronave do piloto foi apreendida, em novembro de 1999, no interior do Maranhão, com 141 kg de cocaína. O avião teria sido abastecido, na época, em uma fazenda pertencente a um fazendeiro goiano acusado de ter ligações de narcotráfico com o ex-ditador do Suriname, Desi Bouterse.

Segundo a PF, contas telefônicas do piloto registram diversas ligações para cinco pessoas no Suriname acusadas de envolvimento com o narcotráfico. Esses recursos foram transferidos para contas na Suíça e de empresas de câmbio localizadas em Goiânia e no Pará.

O piloto, que respondia ao processo em liberdade, teve o recurso negado e a sentença confirmada, no início do ano, pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), preso foi encaminhado para a Central de Triagem do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, o conduzido ficará à disposição da Justiça do Pará.