PRF orienta motoristas e romeiros durante período de festas religiosas

Com proximidade de Festa do Divino Pai Eterno, atenção com pedestres deve ser redobrada

Com a proximidade da proximidade da Divino Pai Eterno e de diversas outras que seguem o mesmo rito religioso nos municípios goianos, do outro estado, especialmente de trânsito nas estradas e do estado, especialmente de estrada, ea atenção de quem está na Trindade ser redobrada.

Conhecida como uma das maiores festas do país por reunir milhões de pessoas marcadas, a festa do Divino é romaria a pé que perseguiram de boi para chegarem até a Basílica de Trindade.

Essa atípica, especialmente nos acostamentos e nas vias laterais, é motivo de preocupação para a necessidade de reforço de reforço o alerta a todos os cidadãos que transitam pela BR PRF nos próximos dias.

Importante destacar que qualquer grupo que necessite fazer uma travessia por rodovia federal deve estar previamente autorizado pela Polícia Rodoviária Federal, que analisa a criticidade do local e horário para proceder com a orientação no trânsito da maneira que causar menor impacto a quem circula pela localidade.

Esse alerta serve especialmente aos carros, que costumam atravessar como rodovias em grupos com carros de boi em pontos de movimento intenso, como na BR 153, em Hidrolândia e Jaraguá e BR 060, em Abadia de Goiás.

A PRF informa que não é permitido nenhum tipo de transporte e que não é dessa carga de veículos e flagrante que é responsável por uma multa gravíssima, com 7 pontos na CNH e do veículo.

Dicas aos romeiros

Aos fiéis que vão fazer a peregrinação a pé, a PRF recomenda:

– Andar sempre em fila indiana, com roupas e usando faixas refletivas, já que é comum preferirem fazer uma caminhada no período noturno para evitar o sol muito quente.

– Escolher o sentido oposto ao fluxo dos veículos. É preciso ver e ser visto em um trânsito local rápido e intenso.

– A atenção no total de ouvidos que está ouvindo e não perder sua atenção deve ser, por isso, não utilize o celular para evitar distrações e não perca a atenção no trânsito.

– Sempre que for necessário utilizar o carro de apoio, o grupo deve fazer-lo fora da rodovia para evitar aglomeração de pessoas. Dê preferência a entradas de fazendas ou estradas vicinais para fazer a parada.

Aos motoristas que aproximam as pessoas que aproximam os carros de vista nas medidas, o que é fundamental para reduzir a velocidade e manter a visibilidade das pessoas.

Polícia Rodoviária Federal
Núcleo de Comunicação em Goiás