Qual o perfil de imóvel ideal para quem mora sozinho em Goiânia?

Confira essas dicas e encontre o imóvel ideal!

Morar sozinho é um passo muito importante na vida de muitos brasileiros, porém é um passo que traz inúmeras incertezas. Uma delas é as dúvidas com o processo de aluguel, ou até mesmo o tamanho de imóvel ideal.

 

Quando for analisar o espaço necessário é preciso ter muita atenção. Pois, os apartamentos menores, chamados de “compactos” têm maior procura, porém tudo vai depender do seu estilo de vida e da sua rotina. Então antes de procurar uma casa à venda em Goiânia analise quais suas necessidades rotineiras e veja se ele se adapta a elas.

 

Lembre-se também de verificar seu orçamento disponível. Para não afetar as suas finanças, é importante acompanhar o orçamento. Tenha separada a quantia de quanto você pode gastar no mês. É recomendado que os gastos com o imóvel não ultrapasse mais de 30% da sua renda. É fundamental que as despesas caibam no seu bolso.

 

É importante realizar os cálculos com cuidado e lembrar que o valor total irá abranger mais do que apenas o valor do aluguel. Não se esqueça de adicionar despesas como água, luz, internet, gás, mercado e farmácia e em casos de apartamento ainda há a taxa de condomínio.

 

Também é essencial pensar nos seus hábitos sociais, pois as suas preferências sociais também irão influenciar na escolha do imóvel. Pois, quem costuma receber os amigos e a família necessitará de um imóvel com um bom espaço. Esse hábito pode inclusive demandar a existência de um quarto extra para os hóspedes.

 

Um prédio que tenha opções de lazer, como piscina e salão de festas pode ser uma boa escolha. Contudo, o preço será mais elevado, por outro lado suas necessidades serão atendidas. Agora, caso você não seja do tipo que recebe visitas em casa, é recomendado buscar um apartamento em Goiânia com um tamanho reduzido, uma kitnet por exemplo. São menores e costumam ter um valor baixo, para quem está começando a vida é uma excelente opção.

 

Para aqueles que não irão morar tão sozinhos e tem a companhia de um pet também é preciso avaliar melhor.

Ao optar por um apartamento, verifique quais são as regras do condomínio em relação aos animais e tenha prioridade nos apartamentos que tenham uma varanda ou área externa. Assim, seu bichinho pode tomar um pouco de sol e fazer suas necessidades sem deixar o local com mau odor.

 

Caso tenha preferência por uma casa ou até mesmo um kitnet verifique se há espaço, um quintal, mesmo que seja pequeno. Pois, isso ajudará a diminuir o estresse do animal e faz com que ele tenha uma vida mais ativa. Caso você tenha mais de um animal, é preciso um imóvel maior.

 

Para fazer a escolha correta do tamanho de um imóvel, também é preciso levar em conta seu estilo de vida. Ao analisar bem o seu cotidiano é possível ter uma noção do que será necessário no novo lar.

 

Quem trabalha em home office passa a maior parte do tempo em casa. Neste caso, o imóvel deve ser acolhedor para que você não se sinta apertado ou desconfortável.  Já aqueles que viajam bastante ou trabalha muito tempo fora geralmente usa o imóvel apenas para dormir. Então, uma casa menor não causará tantos problemas ou apertos, além disso é bem mais fácil de manter.

 

Além de analisar o tamanho do imóvel, é necessário assegurar que ele tenha uma boa localização. Pois, é relevante possui praticidade no dia a dia na hora de sair e chegar,

 

Escolher uma boa localização, não quer dizer que você terá que morar no centro ou no bairro mais nobre da sua cidade. A opção ideal é sempre aquela que cabe no seu orçamento, além de possuir o tamanho certo e facilidade de deslocação.

 

Certifique-se que na região há vários meios de transporte público, ou se o trânsito é caótico. Também verifique se há serviços disponíveis ao redor como mercados, lojas, farmácias, entre outros.

Se você já possui um carro verifique se há um local apropriado para estacioná-lo. Ter uma garagem ajudará a diminuir os gastos com o seguro e aumentará a sua tranquilidade.

 

Ao escolher um apartamento, verifique se há vaga de garagem. Em algumas situações, é necessário pagar um valor a mais para poder estacionar.

 

É importante também saber se a vaga é coberta e protegida, pois em alguns casos ela pode ser mais cara.

 

Ao optar por morar sozinho, escolher o tamanho de imóvel apropriado faz muita diferença. Caso um imóvel menor for a sua escolha por devido a praticidade na limpeza e na economia, aproveite cada cantinho.

 

O recomendando é não se afobar e fazer uma pesquisa para realizar a escolha certa para não precisar fazer uma segunda mudança. Lembre-se é preciso ter calma, disponibilidade de tempo.

 

Gostou deste artigo? compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam qual o perfil de imóvel ideal para quem mora sozinho!