Abril Verde: ações de prevenção de acidentes e doenças evitam afastamentos e garantem segurança ao trabalhador

Mês de abril é direcionado às campanhas de prevenção ao acidente de trabalho; Construtora conquista e certificado reconhecido mundialmente

A segurança do trabalhador na construção civil vem sendo aprimorada a cada ano pelas construtoras e incorporadoras. Trabalhar nas alturas e usar materiais pesados e complexos pode ser visto como árduo num primeiro momento, mas o serviço é amenizado pelas empresas, que adotam medidas e regras para garantir o bem-estar dos funcionários.

 

“O trabalho que executamos não é fácil, envolve riscos, mas conseguimos driblar as dificuldades com o uso diário e constante de todos os EPI’s (equipamento de proteção individual). Somos lembrados diariamente da importância do uso desses recursos para a prevenção de acidentes”, relata o encarregado de obras Francisco de Assis da Silva, do Grupo Toctao. Há dois anos na função, o encarregado mais conhecido como Chicão conta que se sente completamente seguro no trabalho, em razão das condições de proteção e segurança disponibilizadas pela empresa.

 

A falta de segurança no local de trabalho pode trazer prejuízos para a economia. O Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, elaborado pelo Ministério Público do Trabalho e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), aponta que de 2012 a 2020, foram registrados 5,6 milhões de doenças e acidentes de trabalho, com um gasto previdenciário que ultrapassa os R$ 100 bilhões, somente com despesas acidentárias, implicando perda de R$ 430 bilhões pelos dias de trabalho.

 

Apesar dos números, iniciativas como o Abril Verde reforçam a importância da prevenção de doenças e acidentes de trabalho. O mês marca um período de campanhas de conscientização no Brasil, que atualmente tem 37 normas regulamentadoras nesse sentido.

 

Recentemente, o Grupo Toctao foi certificado com base na norma internacional ISO 45001:2018 – com foco na melhoria do desempenho das ações da área da Saúde e Segurança no Trabalho. “Fomos certificados e reconhecidos pela seriedade do nosso trabalho frente à saúde e segurança ocupacional. Tem valor inquestionável, pois é concedido por instituição independente acreditada pelo Inmetro”, afirma a coordenadora do Sistema de Gestão Integrado e Gestão Ambiental da empresa, Cínthia Martins.

 

Segundo Cínthia, o processo de certificação é trabalhoso e requer alocação de recursos, atendimento a requisitos legais e de expectativas e necessidades das partes interessadas. Mas ressalta que o processo tem por objetivo reduzir lesões e doenças nos trabalhadores, assim como principais benefícios é a criação de um ambiente de trabalho mais seguro e saudável.

 

“Qualquer empresa pode implantar o sistema e solicitar a certificação. Porém, para obter é necessário conformidade com todos os requisitos da norma e, por meio de uma auditoria externa, ser atestada a conformidade com as práticas da empresa. Apesar de burocrático, é fundamental pois conseguimos assegurar que a saúde e segurança do trabalho na empresa está sendo atendida, tanto na legislação, quanto nas demais ações que fazemos para evitar acidentes, lesões, para promover saúde e bem-estar dos colaboradores”, afirma.

 

Boas práticas

 

Para estar em conformidade com a norma internacional, a Toctao criou o projeto Trabalho pela Vida, que reúne várias ações que atestem a segurança na saúde e no trabalho dos funcionários. Coleta seletiva, aplicação da metodologia 5S para a organização do espaço de trabalho, reaproveitamento de água, melhorias estruturais no vestiário dos colaboradores, desenvolvimento de programas de capacitação e reconhecimento ao crescimento dos profissionais das obras, palestras sobre saúde e segurança e até mesmo paisagismo e horta no canteiro são algumas medidas que compõem o projeto.

 

Cínthia relata que as medidas adotadas no projeto passaram a ser procedimentos rotineiros nas obras, como levantar os riscos e providenciar as medidas protetivas para cada tarefa antes de ela ser executada. “Essas boas práticas estendem-se para a vida dos profissionais também fora da empresa, além de qualificar e preparar a companhia para as novas versões das normas regulamentadoras (NR1, NR2, NR17 e NR18) ligadas à segurança do trabalho, que começaram a vigorar em janeiro de 2022”, considerou.

 

Em reconhecimento ao trabalho prestado pelo projeto, a Toctao Engenharia foi vencedora do 1º Prêmio SudesteSI (Serviço Social da Indústria) de Boas Práticas de Saúde, Segurança, Bem-Estar e Qualidade de Vida, em 2021. A premiação, anual, tem como objetivo destacar as empresas que adotaram as melhores práticas em saúde, segurança do trabalho e produtividade.

 

Conforme o SudesteSI, o foco se dá na relação entre uma vida saudável e a alta performance profissional, levando em consideração o novo mundo pós-pandemia da Covid-19 e seu impacto na competitividade das empresas e no desempenho e saúde dos trabalhadores. Como premiação, além da menção honrosa, as empresas vencedoras receberão uma consultoria de avaliação em saúde e segurança.

 

A Toctao tem atualmente cerca de 370 colaboradores, entre funcionários e subcontratados. Para Cínthia, é dever da empresa proporcionar mais qualidade e segurança para seus colaboradores. “A gente passa mais tempo no trabalho do que em casa. Então, é necessário que esse ambiente proporcione conforto, qualidade de vida e acolhimento”, reforça a coordenadora, que recebeu o prêmio pela Toctao.