Advogado alega que suspeito de matar o ex-sogro em farmácia sofre de psicose

Gabriel será colocado no banco de dados da Interpol como foragido da Justiça de Goiás

O Advogado do Ex. Servidor da Prefeitura de Goiânia, Felipe Gabriel Jardim, suspeito de matar na tarde da última segunda-feira, (27/06), o ex-sogro, João do Rosário Leão, de 63 anos.

De acordo com informações o caso aconteceu dentro da farmácia onde a vítima era sócio, no Setor Bueno, em Goiânia.

O Advogado alega que o cliente sofre de transtorno de psicose desde os 5 anos. Conforme Júlio de Brito, a família já prepara o laudo que comprova a doença.

Gabriel é considerado foragido da Justiça de Goiás e o nome dele será colocado no banco de dados da Interpol. Segundo o Tribunal de Justiça de Goiás, ele já responde a três processos de ameaças e violência contra a mulher.

Com informações do O Popular