China bate recorde mundial e leva ouro na patinação artística em dupla

Sui Wenjing e Han Kong quebraram jejum de 12 anos sem títulos

[media-credit name=”REUT” align=”none” width=”610″][/media-credit]

Os chineses Sui Wenjing e Han Kong garantiram que a controversa competição de patinação artística dos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim-2022 terminasse em comemorações neste sábado (19), com o título das duplas e a última medalha de ouro do esporte, para a alegria dos torcedores locais.

Gritos fervorosos e aplausos preencheram o Estádio Indoor da Capital Pequim, quando a pontuação da dupla era anunciada em mandarim, dando o primeiro troféu de patinação artística à China desde Shen Xue e Zhao Hongbo em 2010.

Sui e Han, parceiros há 15 anos, levaram os espectadores à loucura com um quádruplo twist logo na abertura ao som de “Bridge Over Troubled Water”, com aplausos eclodindo entre momentos silenciosos, enquanto eles faziam a maioria dos seus saltos com precisão.

A pontuação final de 239.88 bateu o recorde mundial de 239.82, dos russos Anastasia Mishina e Aleksandr Galiamov, que levaram o bronze, com 237.71.

Os também russos Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov ficaram com a prata, com 239.25, apenas 0.63 pontos atrás de Sui e Han.

Por Agência Brasil