Gabriel Monteiro poderá se candidatar a deputado mesmo se for cassado

Ele é acusado de estupro, assédio sexual e vídeos forjados para a internet

O vereador Gabriel Monteiro (PL) poderá se candidatar ao cargo de deputado nas eleições de outubro, mesmo se tiver seu mandato como vereador do Rio cassado, por conta do prazo para registro de sua provável candidatura.

O PL poderá registrar a candidatura de Gabriel Monteiro entre os dias 20 de julho e 15 de agosto. Depois do registro, a candidatura só poderá ser contestada em até cinco dias. Caso ele não tenha sido cassado até esse momento, pode acabar eleito e assumindo o cargo de deputado.

“Se a inelegibilidade acontecer depois do registro, ele não pode ser mais questionado. Registro deferido, candidato diplomado, assume o mandato”, explicou Voglane Carvalho, especialista em direito eleitoral.

Gabriel responde a processo ético-disciplinar por quebra de decoro na Câmara de Vereadores do Rio. Ele é acusado de estupro, assédio sexual e vídeos forjados para a internet.

Com informações do G1