Homem é preso suspeito de matar e esquartejar ex-namorada, em Aparecida de Goiânia

Segundo a polícia, a vítima estava desaparecida desde o último domingo, 22

A Polícia Civil do Estado de Goiás, através do Grupo de Investigação de Desaparecidos (GID), prendeu em flagrante na tarde de quarta-feira, 25, um homem suspeito de feminicídio e ocultação de cadáver, praticado contra uma travesti no Setor Jardim das Esmeraldas, em Aparecida de Goiânia.

Segundo a polícia, a vítima estava desaparecida desde o último domingo, 22, após ter deixando a casa do amigo e ex-namorado G.G.M.J e se dirigir ao salão de beleza onde trabalhava.

A Polícia Civil conseguiu apurar que a vítima foi morta asfixiada e depois esquartejada pelo suspeito, sendo que, parte do corpo estava escondida debaixo de um sofá na casa dele e outras partes foram levadas em uma mala e depositadas em uma mata fechada, no Setor Villa Sul, em Aparecida de Goiânia.

De acordo com a polícia, o homem foi preso, confessou o crime e apontou onde o corpo estava ocultado.

“O inquérito policial será concluído nos próximos dias e o autuado ficará à disposição do Poder Judiciário. A investigação foi coordenada pela delegada de polícia Ana Paula Machado, titular do GID, com a participação dos agentes Vaneir e Priscilla Rabelo, escrivã Janaína Taveira e apoio da DIH”, afirma a polícia.