Mil casais vão dizer ‘sim’ em casamento comunitário com show de Maiara e Maraísa

Evento de entrega de certidões de casamento de projeto do TJ-GO será realizado amanhã (19); Casais relatam que dificuldade financeira atrapalhava realização de sonho que se concretiza agora com o projeto social

Por aproximadamente 10 anos, o casal Sidney Ribeiro dos Santos e Maria Antônia Gomes Ferreira não conseguiu tirar da lista dos planos o sonho do casamento. Durante esse período, eles passaram a morar juntos e tiveram dois filhos, mas foi apenas neste ano que eles começaram a tirar o grande sonho do papel. Na empresa onde trabalha como encarregado da parte de elétrica, a GPL Incorporadora, Sidney ficou sabendo do Projeto Mil Casais, idealizado pela Corregedoria do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) em parceria com os cartórios. Com a oportunidade, o casal pôde realizar o sonho do casamento no mês passado e, amanhã (19/05), receberá a certidão de casamento em grande evento no Goiânia Arena, gratuitamente.

 

Sidney e Maria Antônia serão um dos cerca de mil casais que vão participar da cerimônia. Os casais já iniciaram os trâmites do casamento civil nos cartórios participantes do projeto desde dezembro do ano passado, quando passaram a assinar documentos e realizar a cerimônia do matrimônio. “Foi uma ótima oportunidade para concretizar algo que estávamos tentando há um bom tempo. Se não fosse o projeto, provavelmente não teríamos casado neste ano, principalmente por conta dos valores das coisas nos últimos meses”, destaca Sidney, de 33 anos, que receberá a certidão de casamento com os outros casais amanhã.

 

Outro trabalhador que aproveitou a oportunidade para realizar o sonho do casamento é o pedreiro Cícero Amaro de Sousa Santos, de 57 anos, que mora junto com a autônoma Maria Madalena Santos da Costa e Sousa há 10 anos. Apesar de estar planejando casar há alguns anos, o pedreiro também esbarrava na situação financeira. “Fiquei sabendo por meio de uma palestra, no trabalho, sobre essa oportunidade. Estava muito difícil fazer porque tinha que preparar uma festinha para os convidados, mas surgiu essa possibilidade, que nos ajudou muito”, destaca Cícero.

 

Ao ficar sabendo do casamento comunitário promovido pela corregedoria, a GPL Incorporadora iniciou um processo de divulgação interna entre os trabalhadores. Segundo a assistente social Bianca Carvalho, uma das responsáveis pela divulgação na empresa, a ideia surgiu com o intuito de criar um vínculo mais forte entre a empresa e as famílias, para que proporcionasse um momento de união oficial de seis trabalhadores da empresa. “Desde dezembro do ano passado estamos buscando viabilizar esse momento para eles. Ao longo desse tempo, eles já iniciaram o processo de habilitação e a assinatura dos documentos do casamento. Já realizaram, inclusive, a cerimônia. Agora, teremos esse momento para que eles possam pegar a certidão de casamento e conquistar mais esse sonho”, detalha Bianca.

 

Festa

 

O cerimonialista e produtor de eventos responsável pela cerimônia, Weiler Carneiro, destaca que a ideia ganhou força a partir de uma demanda surgida dentro do próprio Tribunal de Justiça, durante um processo de reconhecimento de paternidade, em meados do ano passado. Com o surgimento de mais interessados, o projeto acabou ampliando para outros segmentos da sociedade, como as empresas que tivessem trabalhadores interessados em participar da celebração.

 

“Com isso, a ideia foi tornar essa ação ainda maior e finalizar todo o processo dos casamentos com uma grande festa, sorteio de 250 geladeiras pela Enel e a troca das lâmpadas na casa dos casais”, destaca Weiler.

 

A cerimônia do dia 19 de maio, que deve receber 10 mil pessoas entre noivos e convidados,  ainda contará com show da dupla Maiara e Maraísa. “Cada casal terá direito de levar oito convidados e ainda contaremos com presença de autoridades do Tribunal de Justiça, do governador, representantes dos cartórios e outros convidados”, completa o cerimonialista.