Nódulo na mama: quando pode ser preocupante?

A presença de um nódulo nos seios nem sempre está relacionada com câncer de mama. Saiba quais são as alterações que provocam “caroço” no peito

Para as mulheres, sintomas como dor nos seios e caroço nas mamas sempre despertam apreensão. No entanto, em grande parte das vezes, isso não significa a presença de uma neoplasia, pois nem todos os nódulos de mama são câncer. A mastologista do Hospital Brasília/Dasa Flávia Vidal Cabero, explica quando um nódulo é preocupante.

Nódulo na mama é câncer?

Nem sempre. O caroço no peito pode indicar a presença de um tumor, que pode ser benigno ou maligno. Caso haja, por meio do exame de palpação, suspeita da presença de um nódulo, o ideal é procurar um médico, que deve solicitar a realização de exames de imagem para investigação do caso. Essas análises podem ser obtidas com ultrassonografia, mamografia ou ressonância das mamas, a depender de cada caso.

Caroço no peito: o que pode ser?

Nódulos benignos na mama recebem o nome de mastopatia e decorrem de alterações hormonais ou do surgimento de cistos no tecido mamário, sendo estas as principais causas:
• alterações fibrocísticas – têm relação com mudanças hormonais e se manifestam principalmente durante o período menstrual;
• cistos – são mais frequente em mulheres jovens e estão associados ao período menstrual;
• fibroadenoma – nódulo benigno e com incidência maior entre mulheres mais jovens;
• lipoma – acúmulo de tecido gorduroso que não oferece riscos à saúde da mulher;
• mastite – inflamação do tecido mamário, normalmente acompanhada de infecção. Está ligada ao período da amamentação, porém pode ocorrer na mulher não lactante, em homens e em crianças.

Nódulos benignos na mama doem?

Normalmente, os nódulos benignos na mama doem ou causam algum desconforto por causa da presença de infecção e até mesmo abscesso.
A Dra. Flávia explica: “Outros incômodos estão associados ao período pré-menstrual e à prática de exercícios físicos que sobrecarreguem o peitoral. Porém, vale sempre lembrar que dor é um sinal de alerta, portanto, é importante procurar uma avaliação médica adequada.”

Caroço no bico da mama

De acordo com a mastologista, “alterações no mamilo devem ser avaliadas com atenção. Podem ser fruto de reações alérgicas provenientes do contato com tecido de roupas e sutiãs; traumas locais; infecções; crescimento de lesões benignas e malignas. Em se tratando do bico da mama, a recomendação é procurar avaliação médica”.

Tipos de nódulo na mama

Existem diversos tipos de nódulo sólido na mama, que são classificados em quatro categorias, com base no sistema BIRADS ®️, um padrão internacional de interpretar achados nos exames de imagem que ajudam na análise do risco de a imagem representar benignidade ou malignidade. Os nódulos podem ser classificados em:
• categoria 2 – lesões benignas, sem risco de malignidade;
• categoria 3 – lesões provavelmente benignas; risco de malignidade inferior a 2%;
• categoria 4 – lesões suspeitas; risco de malignidade entre 2% e 97%;
• categoria 5 – lesões altamente suspeitas; risco de malignidade superior a 97%.

Quando procurar um médico?

Realizar check-up e consultar um profissional de saúde periodicamente possibilita o diagnóstico precoce de diversas alterações, incluindo casos de nódulos na mama. Além disso, vale procurar um médico sempre que você perceber alguma anormalidade no corpo.