Operação Fraus prende suspeitos de locar, adulterar e revender veículos de luxo

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), deflagrou hoje (27/5) a Operação Fraus, com o fito de combater furtos mediante fraude de veículos automotores, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e associação criminosa.

No dia 12 de março deste ano, segundo apontam as investigações, um veículo Mercedes Benz foi alugado por C.P.D. com intento criminoso. O rastreador do veículo foi removido e o criminoso se apoderou do carro. Os policiais civis se deslocaram ao possível local da remoção do rastreador, sendo que se tratava da residência de R.D.C. O automóvel em questão não foi encontrado no local, entretanto, foi possível localizar o rastreador do veículo, ligado a uma bateria que o mantinha em funcionamento, com o claro intuito de ludibriar o proprietário, simulando que a situação do carro era regular.

Foram encontrados também outros rastreadores veiculares, um aparelho DVR, uma chave falsa de veículo Mercedes e outro rastreador que a vítima afirmou que poderia pertencer a um outro veículo de sua propriedade que também estaria desaparecido. Tal carro seria um Corolla. O cenário atestou a existência de um grupo organizado com a finalidade de cometer crimes de furto mediante fraude de veículos automotores. Os rastreadores eram removidos e ligados a uma bateria externa, enquanto os carros eram subtraídos e levados para local incerto e não sabido.

R.D.C. era o responsável por retirar os rastreadores, confeccionar novas chaves para futuros furtos de veículos e manutenção dos dispositivos em funcionamento. Dois dias depois (18/3), a Polícia Militar recebeu a denúncia de um veículo importado, em local cujas condições seriam incompatíveis com o padrão do carro.

A equipe de policiais se deslocou até a Rua Alameda do Almeida, no Setor Jardim da Luz, Aparecida de Goiânia, onde verificou escondido em um lote nos fundos de um dos barracões, o veículo Mercedes Benz, de cor prata, com placa adulterada. Na casa de J. G. S., foram encontradas, enroladas em um cobertor, duas placas com os caracteres pertencentes ao mencionado carro. Segundo este suspeito, B. P. C. e J. H. A. P. levaram o carro ao local. Na manhã de hoje, foram presos B. P. C., R. D. C., J. G. S. e um quarto suspeito. Os mandados são de prisão temporária.