PF prende duas pessoas por crimes de pedofilia pela internet Jataí/GO

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (26/05), duas pessoas pelos crimes de pedofilia pela internet Jataí/GO.

Segundo a PF, “confirmamos uma pessoa presa na operação Querubins, pelo armazenamento de material e/ou distribuir na internet imagens pornográficas de crianças e adolescentes, os dois alvos foram presos por pedofilia e um deles estava portando  maconha”.

A Polícia afirma que a operação foi iniciada através de 2 inquéritos policiais, uma  investigação quanto as condutas criminosas de armazenar e/ou distribuir imagens pornográficas de crianças e adolescentes pelo aplicativo de rede peer-to-peer e por grupos de whatsapp.

A pedofilia na internet corresponde à produção, publicação, venda, aquisição, troca, armazenamento de pornografia infantil por meio de páginas da web, e-mail, salas de bate-papo ou qualquer outro meio. Para efeito dos crimes previstos na eca, a expressão “cena de sexo explícito ou pornográfica” compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais.

Os investigados poderão, neste momento da investigação, ser enquadrados nos crimes do art. 241-a e 241-b do estatuto da criança e do adolescente, cujas penas somadas podem atingem 10 (anos) anos de reclusão. O nome da operação faz alusão ao anjo querubim o qual é considerado como mensageiro de deus e símbolo da justiça divina, em uma alusão à necessidade de proteção das possíveis vítimas desses crimes.

 

Nesse alvo foi encontrado armazenamento de material pornográfico e maconha para consumo