Polícia prende em Abadia de Goiás e Rio Verde integrantes de quadrilha que roubava placas solares

Um dos presos é comerciante em Rio Verde/GO, e lá se utilizava de um galpão com uma placa com inscrições falsas de uma conhecida igreja evangélica

Integrantes de quadrilha que roubava placas solares foram presos nesta última sexta-feira (13/05), e sábado (14/05). O núcleo receptor estava sediado em Goiás, 07 pessoas foram presas, sendo seis em Abadia de Goiás e uma em Rio Verde. Duas armas de fogo foram apreendidas e grande parte das cargas subtraídas foram recuperadas.

A Polícia afirma que o grupo foi responsável pelo roubo de 05 carregamentos de placas solares, sendo dois ocorridos em São Paulo, dois em Minas Gerais e um no Maranhão.

Alguns dos presos possuem vinculação com Facções Criminosas, preenchendo a função de cobradores da destacada organização. Um dos presos é comerciante em Rio Verde/GO, e lá se utilizava de um galpão com uma placa com inscrições falsas de uma conhecida igreja evangélica.

Segundo a Polícia os criminosos tentavam maquiar seu esquema de compra e venda de placas solares cuja origem é ilícita. “O prejuízo causado pelo grupo ultrapassa R$ 3.000.000,00. Um dos caminhões do grupo criminoso utilizado no transporte das cargas subtraídas também foi apreendido”.

Operação Pôr do Sol foi realizada por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DECAR) e o Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Rio Verde, em conjunto com a PRF e a SudesteCON. Operação Pôr do Sol.