Polícia prende suspeito de extorsão qualificada e estupro

De acordo com a corporação, apena pode chegar à 22 anos de reclusão

O Grupo Antissequestro (GAS/DEIC) prendeu na manhã desta quarta-feira, 04, um homem suspeito de extorsão qualificada e estupro em Goiânia. Segundo a polícia, no dia 03 julho de 2018, a vítima foi abordada por dois homens ao sair de uma panificadora, localizado próximo a Praça Tamandaré, Setor Oeste.

“Um dos suspeitos entrou no carro da vítima, sentou no banco do passageiro, mostrou a arma que estava em sua cintura e anunciou o assalto. Em seguida, determinou que a vítima dirigisse o carro para a saída da cidade. O segundo homem, entrou pela porta traseira e sentou no banco de trás.
A vítima, então, se dirigiu à BR-153 e nas proximidades do supermercado Carrefour, recebeu uma ordem para que parasse o veículo. O homem que estava no banco de trás desceu, seguindo caminho ela e o outro homem, pela rodovia. Este, a obrigou a parar no município de Anápolis, em uma casa lotérica e a efetuar dois saques, cada um no valor de R$ 1500,00″, afirma a polícia.

Conforme a corporação, o suspeito ordenou mais uma vez que a vítima parasse o carro, passou as mãos nos seios dela e mediante ameaça, ordenou que lhe fizesse sexo oral. A vítima resistiu e o suspeito a forçou realizar o ato libidinoso com as mãos. Em seguida, ele a abandonou nas proximidades do município de Alexânia-GO.

Após investigações, o suspeito foi identificado e preso. Além do crime de roubo ele também será indiciado por extorsão qualificada e estupro. A pena pode chegar à 22 anos de reclusão.

A divulgação da imagem do preso foi precedida nos termos da lei 13.869/2019, Portaria n.02/2020-PC e despacho do Delegado Chefe do Grupo Antissequestro, responsável pela investigação, notadamente porque o autuado é suspeito de praticar outros crimes desta natureza no estado de Goiás, razão pela qual a divulgação de sua respectiva imagem visa o interesse público e poderá auxiliar no surgimento de novas vítimas que fizerem o seu reconhecimento.