Sancionada a lei que determina aumento do salário de servidores e professores em Goiânia

Segundo o prefeito, além dos reajustes os profissionais da Educação irão receber um “pacote de benefícios”

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), sancionou, nesta segunda-feira (16/05), a lei que reajusta o salário dos professores da rede pública da capital em 15%. O texto também propõe o pagamento da data-base de 2020 e 2021, que reajusta em 9,32% a remuneração dos servidores públicos administrativos do município.

Conforme a prefeitura, o reajuste de 15% aos professores de Goiânia deve ser pago em duas etapas, sendo 10% retroativo ao mês de abril e 4,14% a partir de setembro de 2022.

 Segundo o prefeito, além dos reajustes os profissionais da Educação irão receber um “pacote de benefícios”, sendo:

  • aumento de 50% no valor do auxílio locomoção;
  • aumento de 15% na gratificação de regência aos professores que atuam em sala de aula e servidores administrativos da Educação;
  • vale locomoção de R$ 300.

Com informações do G1