Vídeo circula nas redes sociais de macaco bebendo cerveja e fumando em Goiânia

Circula nas redes sociais um vídeo de macacos bebendo cerveja e até com um cigarro na boca.

O caso aconteceu em Goiânia e repercutiu na internet essa semana. 

De acordo com a médica veterinária Luana Borboleta, alimentos e bebidas consumidos por humanos são prejudiciais aos animais.

Assista o vídeo:

A Médica Veterinária afirma, “É um alimento rico em carboidrato, açúcar, gordura, alimento processado, com conservante. Tem alimentos mais palatáveis, que podem levar os animais à obesidade, diabetes e outras doenças e fragilidade no sistema imune”.

A Agência Municipal de Meio Ambiente emitiu uma nota sobre o caso, confira na íntegra:  

A Amma fez recentemente no Parque Areião e Jardim Botânico o Pomar das Frutíferas, com plantio de diversas mudas, já maiores, de espécies frutíferas, além da implantação de diversas placas orientativas. Os coordenadores dos parques também realizam o trabalho de educação ambiental com os frequentadores.

Seres humanos alimentarem os animais silvestres, principalmente os primatas, pode causar o que chamamos de imprinting, que é a criação de uma confiança entre humano/animal, que é negativo, pois contribui para alguns comportamentos, como invasão de estabelecimentos residenciais e/ou comerciais, o que pode ocasionar acidentes, como ataques, pois são animais selvagem.

Outra grande preocupação é transmissão de doenças, como por exemplo a Herpervírus, que para o ser humano é uma doença simples, mas que se transmitida para o macaco através da alimentação (você morder o alimento estando com o vírus ativo e oferecer ao animal), pode causar a sua morte e a disseminação da doença no bando, pois a herpes humana é letal para os macacos.

Reforçamos que alimentar animais de vida livre é crime! Os parques e áreas de conservação em Goiânia possuem alimentos variados, como frutas, frutos, brotos, animais e sementes, atendendo a dieta de animais herbívoros, onívoros e carnívoros.

Com informações do G1