A Polícia Civil ouve depoimentos dos funcionários do Clube de Caldas Novas/GO

Sobre o caso do menino morreu no último sábado (13/02), após cair de um toboágua

[media-credit name=”Foto: Reprodução das redes sociais” align=”none” width=”488″][/media-credit]

No decorrer desta semana a Polícia Civil ouviu o gerente-geral e mais 6 funcionários do clube de Caldas Novas/GO, onde um menino morreu após cair de um toboágua no dia (13/02).
As imagens do circuito interno de câmeras de monitoramento do empreendimento já foram obtidas pela Polícia Civil e encaminhadas para a realização do devido exame pericial pelo núcleo da Polícia Técnico-Científica de Caldas Novas, o qual também trabalha na conclusão dos laudos cadavérico, que devem ser entregues em breve para a instrução do procedimento.
Para os próximos dias, estão previstos os depoimentos dos pais da criança e o engenheiro responsável pela reforma do brinquedo onde ocorreu a queda. A Polícia Civil comunicou que irá se pronunciar novamente sobre a investigação no dia (25/02).