Anápolis está na rota de grandes investimentos imobiliários destinados para o interior

Com economia pujante, cidade a 55 km de Goiânia atrai projetos arquitetônicos modernos e de alto padrão; Rede de restaurantes Coco Bambu terá unidade em novo prédio comercial ainda neste ano

Nos últimos anos, cidades de Goiás passaram a ser alvo de grandes investimentos imobiliários, atraindo projetos arquitetônicos modernos e típicos de metrópoles. Com uma infraestrutura de alto padrão, esses empreendimentos também atraem para os municípios do interior diferentes públicos e marcas de renomes. O Genesis Office, um prédio comercial de altíssimo padrão em Anápolis e que está sendo entregue neste mês de abril, é um exemplo desse pujante desenvolvimento do mercado imobiliário no interior goiano.

Com projeto assinado pelo escritório Norden Arquitetura, a Engecom Engenharia entrega em abril o Genesis Office, que está localizado na região mais nobre de Anápolis, no encontro das duas mais importantes avenidas da cidade, a Juscelino Kubitscheck e a Presidente Wilson. O empreendimento foi edificado numa área de 5.500 m², e tem entre seus diferenciais opções de plantas flexíveis, para atender a diferentes empresas e profissionais. A edificação ainda conta com salas de reunião, auditório e um imponente espaço de convivência, que deve abrigar, a partir de agosto, uma unidade do Coco Bambu, uma das mais renomadas redes de restaurantes de alto padrão do Brasil.

De acordo com a arquiteta Sarah Jorge, sócia da Norden Arquitetura e uma das responsáveis pelo projeto, o empreendimento comercial, além de localização nobre e estratégica, se destaca do conjunto paisagístico da região central de Anápolis por trazer “traços limpos, porém marcantes”. “Um dos grandes diferenciais desse empreendimento é a opção de várias metragens de salas, incluindo espaço para eventos e reuniões, o que propicia aos proprietários das salas comerciais um amplo uso do empreendimento”, afirma a arquiteta.

Na rota dos investimentos
Com uma população de pouco mais de 390 mil habitantes, Anápolis é um desses bons exemplos de cidades do interior que crescem e atraem empresas e investimentos de todo o País. Localizado a 55 km de Goiânia, o município está entre os 100 melhores para se empreender no país. É o que revela os dados da quinta edição do Índice de Cidades Empreendedoras, realizada pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em parceria com a Endeavor.

Segundo dados do Instituto Mauro Borges de Estáticas e Estudos Socioeconômicos, a cidade é o segundo maior PIB de Goiás e um dos 20 maiores PIBs municipais do Centro-Oeste. Diferente de outros municípios, que têm o agronegócio como principal força motriz de sua economia, Anápolis tem na indústria sua principal atividade econômica. A cidade está entre os 10 maiores municípios goianos com participação no setor industrial, atingindo o segundo lugar neste segmento.

Anápolis é também um grande polo universitário. Segundo dados do Ministério da Educação, a cidade goiana abriga mais de 20 instituições de ensino superior, que oferecem mais de 80 opções de cursos e atrai estudantes de várias partes da região centro-oeste. Na avaliação da arquiteta e urbanista Sarah Jorge, Anápolis está na rota desses novos e grandes investimentos imobiliários destinados ao interior. “Assim como em outras grandes cidades do interior goiano, há um bom tempo Anápolis tem essa necessidade de se ter edificações de maior porte, mais modernas, de alto padrão. Porque recebe um grande público vindo de outras cidades brasileiras, altos executivos que trabalham nos grandes grupos industriais que estão ali instalados, os empresários do agronegócio e também estudantes universitários. Portanto, é um público que busca mais conforto e mais comodidade”, afirma.