ATC-GO estimula a união de cartórios na realização de ações sociais integradas no Estado

O objetivo é potencializar a vocação que os cartórios já têm de atuação em causas e ações sociais que proporcionam alguma melhoria na vida de pessoas em vulnerabilidade social, em especial nos tempos de crises econômicas atuais, agravadas em função da pandemia da Covid-19

Cartórios goianos se unem, atualmente, em prol de ações sociais voltadas às pessoas em situação de vulnerabilidade social. Intitulada por “Cartórios pelo Bem Social”, a campanha, encabeçada pelo Sindicato dos Notários e Registradores de Goiás (SINOREG/GO) tem a Associação dos Titulares de Cartórios de Goiás (ATC-GO), como uma das principais entidades divulgadoras do projeto.

O projeto consiste na união dos cartórios que mantêm parcerias já existentes, de forma individual, mas serão ampliadas com maior integração dos cartórios pelo bem comum, com ações como a arrecadação de donativos para doações, tais como alimentos, roupas, cobertores, toalhas e calçados.

O objetivo é potencializar a vocação que os cartórios já têm de atuação em causas e ações sociais que proporcionam alguma melhoria na vida de pessoas em vulnerabilidade social, em especial nos tempos de crises econômicas atuais, agravadas em função da pandemia da Covid-19.

Ações conjuntas já ocorrem com entidades parceiras desde junho, como, por exemplo, o Grupo Espírita Amor e Vida (GEAV) e a Congregação Ministério Fonte das Águas. Em tais ocasiões foram distribuídas roupas, mantas e produtos alimentícios a pessoas necessitadas, na região da Avenida 44.

Apoio

Em visita ao corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, e ao juiz Ricardo Dourado, auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás, no Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), o vice-presidente da Associação dos Titulares de Cartórios de Goiás (ATC-GO), Rodrigo Esperança Borba, que é também coordenador de projetos sociais do Sindicato dos Notários e Registradores de Goiás (Sinoreg-GO) e titular do 4º Registro de Imóveis de Goiânia, apresentou o projeto às autoridades.

Consciente da missão social que o Poder Judiciário tem perante a sociedade, o corregedor-geral e desembargador, Nicomedes Domingos Borges, elogiou a iniciativa e externou o seu apoio e colaboração para o desenvolvimento do projeto.

“A Corregedoria se coloca à disposição para ajudar no que for necessário e encampa a campanha para ajudar na propagação dessa força do bem, tão necessária nos tempos atuais, em decorrência da crise econômica e das inúmeras pessoas que se encontram em vulnerabilidade social”, expressou.