Casal é preso suspeito de aplicar golpe do “novo número”

Conforme a polícia, após a prisão, foram constatados diversos outros depósitos efetuados na conta da autuada e as investigações terão continuidade a fim de identificar as outras vítimas da associação e dos demais suspeitos de integrarem o grupo criminoso

Policiais do Grupo de Repressão a Estelionatos e outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC) prenderam na tarde sexta-feira (29/04), um casal suspeito de integrar uma associação criminosa especializada na prática do crime de estelionato qualificado, mediante fraude eletrônica, na modalidade conhecida pelo Golpe do “novo número” ou “falso whatsapp”.

No caso apurado, os autores do crime se passaram por parentes das vítimas e entraram em contato com elas, utilizando-se de foto de parentes das vítimas no perfil da rede social. Em seguida, solicitaram valores em dinheiro, via transferência bancária ou via PIX.

“Após tomarem ciência por parte de uma vítima do golpe, que foi contatada por um dos autores, este se passando pelo filho da vítima, os policiais civis realizaram diversas diligências e efetuaram a prisão da beneficiária primária da transferência, via PIX. Esta, ao ser entrevistada, confirmou ter recebido valores advindos dos golpes em contas de sua titularidade. Além disso, a capturada informou ter sido seu companheiro quem realizou o empréstimo da conta bancária para os demais comparsas, com intuito de beneficiar-se de 10% dos valores ilícitos recebidos”, afirma o GREF.

Após a prisão, foram constatados diversos outros depósitos efetuados na conta da autuada e as investigações terão continuidade a fim de identificar as outras vítimas da associação e dos demais suspeitos de integrarem o grupo criminoso.