Em alta, franquias de limpeza e conservação crescem no Brasil

Segmento de limpeza e higienização é saída para quem deseja ser dono do próprio negócio

As franquias de higienização continuam em alta no país. É o que mostra o relatório de desempenho do franchising realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). De acordo com a pesquisa, o segmento de Limpeza e Conservação faturou R$ 1,5 bilhão em 2021, o que representa 14,7% em relação ao ano anterior. A demanda por serviços sanitizantes e de limpeza de forma geral são fatores que influenciaram a boa performance do setor.

 

Marcelo Oliveira tem vivenciado de perto essa procura por parte dos brasileiros. O empresário está à frente da Me Clean, uma empresa especializada em higienização e blindagem de estofados, e devido aos resultados dos últimos anos, decidiu em 2021 expandir o negócio no modelo de franquia.

 

“Se alguém tivesse me contado há 7 anos o quanto a empresa cresceria, não ia acreditar. As pessoas estão cada vez mais conscientes sobre a importância de manter os seus móveis e estofados sempre limpos e higienizados. A procura por esses serviços foi tão grande que decidimos abrir essa oportunidade para outras pessoas que desejam empreender no ramo, mas querem começar amparadas, com treinamento e suporte”, explicou Marcelo, proprietário da franquia Me Clean.

 

As franquias são conhecidas por serem uma oportunidade para aqueles que desejam investir correndo menos riscos, uma vez que os modelos de negócios são testados antecipadamente, até chegarem em um formato ideal para serem replicados.

 

Outra vantagem, é que o franqueado recebe apoio completo da franqueadora, por meio de treinamentos, suporte constante durante a implantação da franquia e auxílio na parte de divulgação e marketing da unidade, dessa forma, as chances de falhas são reduzidas ao máximo.

 

“Ao invés de começar do zero e trilhar um caminho cheio de pedras com altas chances de não dar certo, o empreendedor pode buscar uma franquia no mesmo ramo que ele deseja investir, uma vez que a franqueadora já passou por todos os desafios até chegar na fórmula ideal de atuação. É uma maneira de pular a parte mais arriscada do empreendedorismo”, argumentou Marcelo.