Equipe de robótica recebe homenagem em sessão especial na Câmara de Goiânia

O objetivo é objetivo ressaltar a dedicação de alunos, professores e profissionais que contribuíram com tecnologia e inovação no desenvolvimento da robótica na capital

Estudantes da Escola Canadense Maple Bear Goiânia, vencedores do Torneio Nacional de Robótica – FIRA Brasil, que ocorreu no ano passado, receberam homenagem em sessão especial realizada na Câmara Municipal de Goiânia, na última terça-feira (15). De iniciativa do vereador Joãozinho Guimarães (SDD), a honraria teve como objetivo ressaltar a dedicação de alunos, professores e profissionais que contribuíram com tecnologia e inovação no desenvolvimento da robótica na capital.

 

Arthur Lemes Guissoni, Júlia Luz Vilefort, Marcelino Pedroso de Oliveira, Mateus Nery Bailão, Renzo Ribeiro Cabral estavam orgulhosos pela conquista alcançada. Na parte técnica, os membros da Maple Bear homenageados foram: Flamarion Gonçalves Moreira, Gustavo Corrêa Thomaz, Julyana Carrijo da Silva e Anna Clara de Moraes. O grupo  venceu a etapa nacional do torneio FIRA no ano passado e, em agosto, irá representar o país na fase mundial da competição, consolidada como a “Copa do Mundo da Robótica”, em agosto.

 

Uma das homenageadas, Júlia Luz Vilefort, de 13 anos, afirmou que é uma honra receber a homenagem por significar muito ao seu futuro. “Tudo que fazemos vai se transformar em legado da robótica em Goiânia e no Brasil. Estamos treinando bastante, tornando os treinos mais rígidos, para ter visibilidade, mais focados no projeto de competição, a fim de aprimorar o que já foi feito e colocar nosso desempenho como o melhor do campeonato”, contou a estudante sobre os próximos passos.

 

Ciência que transforma o mundo

 

Professor e técnico da equipe, Flamarion Moreira disse que a homenagem é o reconhecimento de que o esforço vale a pena e uma conquista dos alunos, além de possuírem um potencial imenso, reforça o suporte que a escola proporciona aos alunos.

 

É o mesmo entendimento da diretora da unidade Maple Bear Marista III, Sabrina Oliveira. Ela disse que para a escola, a homenagem é uma forma de colher os frutos do trabalho desenvolvido pela instituição ao incentivar as crianças no ensino da ciência e oferecer espaço para que as ciências, a robótica, a matemática sejam áreas de destaque.

 

“Não somente na escola, mas no vislumbre dos nossos alunos para que percebam a importância dessas áreas de forma positiva e prazerosa. É um orgulho para eles perceberem que o resultado de um trabalho feito com disciplina, dedicação, seriedade, respeito, amizade é fruto de um sucesso do que a gente faz, ama e colhe”, ressaltou.