Goiás tem primeira morte por chikungunya em 2022

Dados divulgados pela SES mostram que o estado teve 4.715 casos notificados neste ano – quatro vezes mais que em todo 2021

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), Goiás tem uma morte confirmada por chikungunya em 2022. A doença é transmitida por meio da picada do mosquito Aedes aegypti, que também é o vetor da dengue e Zika.

Dados divulgados pela SES mostram que o estado teve 4.715 casos notificados neste ano – quatro vezes mais que em todo 2021.

Conforme os indicadores da Saúde, os casos confirmados da doença estão concentrados em 76 cidades goianas. Do total de municípios do estado, 128 não têm nenhum caso notificado e 42 têm apenas suspeitas.

Com informações do G1